Complexo hídrico Ribeiradio/Ermida está pronto em 2013

3 12 2009

O empreendimento conta com duas barragens: Ermida (esq.) e Ribeiradio (dir.)

O final do mês de Novembro fica marcado pelo início da construção de mais um pólo de aproveitamento hidroeléctrico, um empreendimento da responsabilidade da EDP e desenvolvido em parceria com a Martifer Renewables, localizado no rio Vouga. Esta é uma das cinco barragens que a EDP tenciona implementar até 2016.

A nova barragem de Ribeiradio/Ermida vai criar mais de dois mil postos de trabalho (550 directos) e têm um custo de 170 milhões de euros. Opway, FCC (Fomento de Construcciones y Contratas) e RRC (Ramalho Rosa Cobetar S.A.) formam o consórcio que vai ter a cargo direcção dos trabalhos na obra.

Segundo a EDP, o projecto contempla ainda «a realização de vários trabalhos de compensação e mitigação ambiental, com destaque para medidas de recuperação da flora e criação de zonas de lazer».

Além de Ribeiradio/Ermida, a eléctrica nacional tem ainda em «estudo e construção seis reforços de potência de barragens já existentes», projectos que representam um investimento de três mil milhões de euros e criação de trinta mil postos de trabalho.

«As barragens darão ainda um importante contributo para a expansão da energia eólica, aumentando assim a quota de energias limpas, renováveis e endógenas no mix energético nacional», lembra a EDP.


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: