DGEG reconhece Green Value como entidade habilitada no âmbito do SGCIE

2 12 2009

Luís Ferreira é director comercial da Green Value

A Green Value – Energy Building Solutions foi reconhecida na última semana de Novembro pela Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG) como entidade habilitada
para a elaboração de Auditorias Energéticas e Planos de Racionalização Energética e para o controlo da sua execução e progresso.

Esta distinção surge no âmbito do Regulamento SGCIE – Sistema de Gestão dos Consumos Intensivos de Energia, publicado com o Decreto-Lei n.º 71/2008, de 15 de Abril.

Com este reconhecimento, a Green Value «apresenta-se ao mercado das instalações com consumo energético anual superior a 500 tep/ano», tendo a convicção do «potencial de projectos a desenvolver e medidas em eficiência energética que promovam a optimização de processos e gestão das instalações com consumos intensivos de energia», sublinha a empresa em comunicado.





GreenValue avalia edifícios dos CTT, CP e do município de Vila Real de Santo António

27 11 2009

Em relação às CP e aos CTT, a GreenValue vai levar a cabo a realização dos trabalhos preparatórios, caracterização térmica, auditoria energética e auditoria à qualidade do ar interior, com vista à emissão do certificado energético nos edifícios destas duas empresas.

Na primeira, a GreenValue vai avaliar nove edifícios, enquanto na segunda os trabalhos vão visar seis infra-estruturas, no âmbito do Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos edifícios.

Já o contrato com a Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, válido por um ano, vai permitir um desenvolvimento dos trabalhos necessários à «realização de diagnósticos, auditorias energéticas e elaboração de planos de racionalização energética de um conjunto de edifícios do município», confirma a empresa.

«Considerando Vila Real de Santo António e as suas potencialidades ao nível da aplicação de soluções de eficiência energética e energias renováveis, o objectivo do presente contrato passa por conferir ao concelho uma marca de sustentabilidade e a obtenção de medidas que garantam uma redução do perfil de consumos energéticos», anuncia a GreenValue. Nesta fase será englobado um conjunto de oito edifícios a definir pela Câmara.

A Green Value é uma empresa que tem por missão contribuir para o incremento da eficiência energética, uso eficiente da água e certificação energética em edifícios, através de uma «equipa técnica altamente qualificada» e de »soluções inovadoras» que contribuam para as melhores práticas que terão reflexos financeiros nas empresas e na qualidade de vida da população e do território.

No seu portfólio, a empresa conta já com mais de setenta grandes edifícios de serviços em Portugal Continental e Madeira.