Vestas e EDP Renováveis assinam contrato de 1500MW

27 04 2010

A EDP Renováveis e a Vestas Wind Systems (Dinamarca) assinaram hoje um contrato global para o fornecimento de aerogeradores relativos a um máximo de 2,1GW de capacidade eólica.

O que está em causa é um contrato de fornecimento em larga escala de turbinas eólicas, com uma encomenda inicial de 1500MW para fornecimento, instalação e comissionamento em 2011 e 2012. Para o mesmo período de tempo, existe ainda uma opção de encomenda de capacidade adicional até 600MW.

Entre as duas empresas está ainda acordada a flexibilidade de entrega de turbinas na América do Norte, América do Sul e Europa, bem como a «flexibilidade na escolha, para cada projecto, de modelos e classes de turbinas eólicas comercialmente disponíveis, sob aviso prévio».

O contrato prevê ainda um serviço de operação e manutenção durante dois anos, prolongável a cinco ou dez anos, com acordo de assistência técnica subsequente (dependendo do projecto em questão).

Segundo a EDP, «a Vestas destacou-se entre os principais fabricantes de turbinas eólicas, como o concorrente com a oferta de maior valor global, tendo em conta o pipeline de curto prazo da EDPR, assim como as perspectivas de flexibilidade no crescimento e os objectivos estratégicos da empresa».

Através deste contrato, a eléctrica nacional encomenda à Vestas a tecnologia eólica que permite «optimizar os factores de produtividade do seu pipeline e o custo global do activo», possibilitando à EDPR obter uma «vantagem competitiva na indústria de produção de energia eólica».

Este acordo representa ainda o maior contrato para o fornecimento de turbinas anunciado a nível mundial nos últimos dois anos. «A escala e a diversificação geográfica de ambas as empresas permitiram a celebração de um contracto que oferece à EDPR visibilidade na execução dos seus objectivos de crescimento, melhorando ao mesmo tempo a gestão de risco da empresa no que respeita aos diferentes cenários de mercado, regulação e ritmos de crescimento».

A EDPR considera que o sucesso na combinação entre as opções de curto-prazo do seu pipeline, com a flexibilidade na posição de compra de turbinas pós-2010 e o efeito de escala na indústria, foram «factores-chave» para alcançar um acordo de «elevada importância estratégica».

Com mais de quarenta mil turbinas instaladas em 65 países, a Vestas tem quatro fábricas em Espanha e garante que instala uma turbina a cada três horas e que a potência que tem activa chega aos 60 milhões de MW/h por ano.

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: